Quem somos nós, os cristãos, que professamos nossa fé em Jesus Cristo? Será que todos temos a devida conscientização de qual é o nosso papel aqui na terra? O Senhor Jesus nos deixou bem claro da Sua vontade e comissão que, em relação a nós, não obstante sendo nós cidadãos dos céus, permanecemos ainda aqui; e assim, portanto, temos que desenvolver, a contento, duas especialidades que Ele mesmo citou: o sal da terra e a luz do mundo. No entanto, por questão de espaço e tempo, estaremos analisando desta feita O SAL e suas lições para o nosso dia-a-dia.

Essa dinâmica tem como objetivo mostrar:

I. A RELAÇÃO DO SAL (O CRISTÃO) COM A TERRA (O MUNDO)
II. AS FUNÇOES DO SAL
III. AS QUALIDADES DO SAL
IV. AS LIÇÕES TRANSMITIDAS PELO SAL
V. OS PERIGOS QUE OCORREM COM O SAL (OS CRISTÃOS)
VI. EXEMPLOS DE PESSOAS QUE AGIRAM COMO SAL
VII. AS MENSAGENS TRANSMITIDAS PELO SAL (O CRISTÃO)

Para tanto, sugiro o estudo feito por José Admir Ribeiro, onde o autor cita referências bíblicas, enfim, um estudo completo sobre o cristão ser o sal da Terra.

O_CRISTAO_O_SAL_E_O_MUNDO

Prepare 3 pratos de batatas-frita:

PRATO 1: Não adicione sal;

PRATO 2: Tempere adequadamente, nem a menos e nem a mais;

PRATO 3: Coloque muito sal, exageradamente, tempere de forma que não seja possível ver o sal adicionado.

Distribua a batata-frita aos alunos: o 1º prato, comente sobre ele, pergunte se estão gostando; o 2º prato, faça também comentários sobre o tempero; e finalmente o 3º prato. Deixe uma garrafa ou um copo de água ao lado, mas não ofereça aos alunos. É importante deixá-los com sede, para que eles sintam sensorialmente o perigo de ser um cristão sem equilíbrio.

Boa aula!

Prof. Denise C. S.

Anúncios